One and one and one is three


Sabe aquela mentira que de tanto repetir acaba virando verdade? Ou pelo menos acaba levantando suspeitas e gerando uma lenda? Pois bem!


Em outubro de 1969, um radialista de Detroit, Estados Unidos, recebeu uma ligação muito louca de um ouvinte. Ele afirmava com todas as letras que Paul McCartney estava morto. E não tinha morrido ontem não!!! Segundo o ouvinte, Paul havia falecido em 1966, vítima de um acidente de carro, e havia sido substituído por um sósia. E ainda começou a listar "provas" da sua tese. O tal radialista não acreditou na história, mas como achou graça no fato, resolveu contar tudo no ar, até aumentando um pouco a lista de pistas da morte. O mais incrível é que os jornais locais compraram a ideia e divulgaram tudo, fazendo com que o boato crescesse tanto que o próprio Paul Mccartney veio a público dizer que nunca tinha morrido!


Na verdade, após o lançamento de "Revolver" em 1966, Paul havia sim sofrido um acidente, mas de moto e sem graves consequências. No mesmo período, os Beatles anunciaram que não iriam mais realizar shows, uma vez que eles se sentiam frustrados pelo fato de não se ouvirem durante as apresentações devido à gritaria dos fãs, e também por conta dos arranjos das suas canções, que estavam ficando complexos demais para serem executados ao vivo. Pronto! Já ficou subentendido que com o “falecimento” de Paul, os Beatles não podiam mais tocar ao vivo!


A partir daí, mais e mais pistas foram aparecendo. A caça aos sinais que comprovassem a tese do falecimento de Paul foi tão ferrenha, que foram encontradas algumas até em discos anteriores à data da sua suposta morte. As pistas aparecem nas capas, como a foto do "Rubber Soul", que dizem ser distorcida para disfarçar a aparência do sósia do Paul, os rostos desenhados do "Revolver", que teria sido feita desta forma para não mostrar fotos dos membros da banda, o passo trocado e os pés descalços de McCartney em "Abbey Road", e a imensa montagem de "Sgt. Peppers", que na verdade seria o velório de Paul, além de diversos outros pontos que dependendo da interpretação, acabava dando mais força ao mito. Também existem diversas indicações nas letras das musicas, que relatam um acidente que teria sido o de Paul (“She´s Leaving Home”, por exemplo), indicações de que os Beatles agora eram apenas 3 (“Come Together”), ou referências ao sósia de Paul (“Sgt. Peppers”).


O mais interessante dessa história toda é que se Paul realmente morreu, o sócia dele está fazendo uma fortuna com seus shows por aí!


Até a próxima!

#thebeatles #paulmccartney #sustenido

sustenido: 

 

Rock e afins meio tom acima! Histórias, dicas, sugestões, informação sobre todas as vertentes desse ritmo que nos une.

  • Black Facebook Icon
  • Black Twitter Icon
  • Black Instagram Icon
  • Black RSS Icon
siga o sustenido: 
posts recentes: 
 procurar por tags: 
Nenhum tag.

© 2016 por sustenido. 

  • Facebook B&W
  • Twitter B&W
  • Instagram B&W
  • White RSS Icon